segunda-feira, março 07, 2005

Temporal

São dias de vendaval, estes que correm. Não se pode andar ao mar e não se está bem em terra... As saudades sufocam-me e entristecem-me, apesar do alívio que representa o fim do sofrimento físico.
A rotina instala-se, estupidamente, como se fosse possível a vida continuar igual. Os gestos são os mesmos, os ritos também, mas nunca mais nada será como antes.
Como se não bastasse tudo o mais, estou em baixo de finanças. Arroz, que também tem dois rr's!

1 comentário:

Gervasio disse...

Contra todas as probabilidades, a verdade é que ontem alguém passou a tarde a roçar-se na torneira do bidé.. ;)