quinta-feira, setembro 20, 2007

Primeira semana de aulas

Dói-me a voz. Quando era pequena achava que não podia acontecer, mas acontece. Não é grave, é só quando falo. E sei que daqui a uma ou duas semanas já passou, é só até renovar os calos das cordas vocais. Ossos do ofício. Às vezes os ditos ossos incluem dores de alma, que são bem piores, portanto hoje estou feliz por só me doer a voz.

5 comentários:

Vanadis disse...

Ah como te entendo! Eu fico assim depois de 4 horas seguidas a berrar matéria por entre vários CALA-TE!! TÁ QUIETA! SENTA-TE! POUCO BARULHO! NINGUÈM PIA! TOMEM ATENÇÃO! ISTO SAI NO TESTE! TÀS AQUI TÀS NO OLHO DA RUA! E outros mimos que tais...são terriveis...

BlueAngel disse...

As dores de alma são terríveis, sei bem do ue falo. As vocais passam-te com mais pastilha menos pastilha. Votos de boas melhoras. beijocas larocas

Mamaíta disse...

As melhoras amiga.

Beijinhos :)

Teté disse...

Não havia alguém que cantava até que a voz lhe doesse? E não há prái um que diz "que a min ninguém me cala!"

Tens aí boas fontes de inspiração, até te passar a maleita!

Jinhos (e vê lá se recuperas no fim-de-semana, sussurro eu)!

Elora disse...

Vanadis: é disso mesmo.

Angel e Mamaíta: Obrigada.

Teté: se cantar dói mais!