sexta-feira, outubro 19, 2007

A Insustentável Leveza do Ser

Ok, o título está muito visto. Também é verdade que gostei do livro, mas não o acho nada de extraordinário. O facto é que é o título perfeito para o que sinto neste momento. Ando feliz, bem-disposta, alegre. Entro na escola com um sorriso na cara, as aulas correm-me às mil maravilhas e mesmo a parvoeira típica do início da adolescência de alguns dos meus alunos não consegue estragar os meus dias. Ando leve, mais leve do que alguma vez andei nos últimos 5 anos. Ajuda o curso do Jp ter acabado e ter com quem partilhar a educação dos miúdos. Ajuda os miúdos estarem saudáveis, autónomos e felizes. Ajuda não ter de ver televisão à noite e ter uma deliciosa companhia para as minhas aventuras.
Justificada que está a leveza do meu ser, resta justificar a insustentabilidade (raio de palavra grande). Ontem no super-mercado, comecei de repente a tremer imenso. Depois de analisar atentamente os tremeliques, perceber que não era fome, nervos ou excesso de café (ainda não tinha bebido nenhum), fui forçada a encarar a realidade. Tremia com falta de sono. 4 horas de sono por noite durante os último 15 dias tornam a situação insustentável. Terei, eventualmente, de dormir, mesmo que isso me torne mais pesada.

7 comentários:

Mamaíta disse...

Pois parece que quando a leveza é demais se torna um peso, nao!?
Gosto de te sentir feliz.

Beijinhos :-)

vitor disse...

A felicidade é uma coisa linda de se ver :)

BlueAngel disse...

É óptimo que estejas bem, é optmo que te sintas bem, é óptmo que a vida te corra como mereces. Compreendo-te quando falas das 4 horas de sono e, sim, esta semana a coisa tem de mudar de figura sob pena de cair para o lado tb!!! :-) Tb ando super-divertida!!! beijocas larocas

Teté disse...

Os sonos recuperam-se, os bons momentos nem sempre...

deKruella disse...

Quando meteres o sono em dia...ainda te vais sentir melhor..com tanta coisa boa a acontecer...só pode! ;)

Vanadis disse...

Lindo, o texto! =)

Também li o livro, pois curti imenso o título. Mas na verdade, juro, não percebi nada daquilo. Talvez porque tinha 15 anos quando o li???? LOL! Entretanto nunca mais lhe peguei...

è bom estar leve, mas tb é bom dormir! Se o cérebro não descansa, o Ser torna-se mais pesado. A cabeça, pelo menos. LOL.

Espero que continue tudo a correr bem e que te sintas sempre assim, exultante de felicidade =). Adorei mesmo o post!

Sonya disse...

O vicio in world é o que dá... e depois o corpo é que paga... hehehe