sexta-feira, outubro 12, 2007

Quem vê Caras

O fim-de-semana passado foi fantástico. Fui ao cinema, a um quizz, joguei um RPG com amigos, não parei. Segunda-feira à noite, ainda meio embalada, olho desconsolada para a Tv. Nada de jeito. Como sempre. Os miúdos estavam deitados, o Jp a ler e eu sem nada para fazer.

Achei que não me apetecia ficar em casa e fui fazer algo que andava a querer fazer há séculos: dar um pulo aqui. E achei piada, fui à praia, dancei, ouvi concertos, conversei, vi uma exposição de arte abstracta, o que quis. Bem melhor que ver a novela da noite, qualquer que fosse.

Comecei como toda a gente, a definir o meu bonequinho e a fazer os programas de instrução. Definir o bonequinho é fantástico, tudo é permitido. Podia, num abrir e fechar de olhos, perder todos os quilos extra, pintar o cabelo de louro e vestir Valentino. Que é basicamente o que toda a gente faz. Portanto temos um mundo em que todos são bonitos. Todos diferentes, todos bonitos.

Posta perante a opção de ser como quisesse, perdi todos os meus problemas de imagem. É demasiado fácil ser bonito. O desafio é não ser. E como os objectivos atrás descritos não incluem agradar a ninguém, decidi ser como sou. Ok, cortei uns quantos quilos, que não sou parva de todo, mas mantive tudo o resto: as rugas, o cabelo despenteado, os óculos, a roupa que calha, etc.

Fiquei sinceramente agradada com o resultado: não é bonito, mas sou eu:

Pensei que a recepção por parte dos outros habitantes fosse ser estranha, mas o facto é que isso não aconteceu. Tirando várias ofertas de roupa e de ajuda para dominar as técnicas, os habitantes foram, em geral, muito simpáticos. O que me leva a pensar que, na vida real, se todos fossemos belos seria dada mais importância ao essencial.

5 comentários:

BlueAngel disse...

Foste onde mesmo??? É que o link não vai parar a lado nenhum. Olha tu aí tão descontraída... isso é boa vida!!! :-) beijocas

Teté disse...

Como não somos todos belos, damos muita importância a coisas secundárias? Não sei se entendi bem! Que muitos dão imensa importância a picuinhices é verdade! Mas será por não sermos todos belos?

Quanto ao link li bem, não experimentei foi o jogo...

Vanadis disse...

Também não consegui aceder ao link, mas percebi a ideia! =)

RPG?? qual??? O meu boy é fanático de AD&D (Dungeons & Dragons), já tentou converter-me, mas confesso que nunca tive muita paciência para RPGs...

A foto do teu EU virtual está um must!! Confesso que tb nunca fui muito virada para esse tipo de jogos, LOL, por falta de tempo, paciencia e por medo que me fizesse fugir ainda mais á realidade...

Já tinha percebido antes, aliás é uma das coisas que me fazem sentir empatia e identificação contigo :-), mas não pareces agradada ctgo mesma (fisicamente). E, no entanto, tens um cara-metade, flhotes, uma vida plena. De certeza que terás atractivos, não?? ;-p
Quando nos sentimos assim, pequenas fisicamente, de tanto bombardeamento da industria estética e da moda (e se reparares bem, os ideais que proclamam são pouco saudáveis, idiotas...há com cada uma ali de fugir...), costumam aconselhar-nos uma mudança de look. Uma ida ao spa, ou á esteticista (se bem que seja preciso abrir os cordões á bolsa), umas renovações e pronto, sentimo-nos melhor...por uns minutos. Além de que, pelo menos eu faço isso, costumo atirar uma jarra á cabeça de quem faz essa sugestão, pois eu queria era mesmo ouvir que estou muito bem assim e etc, etc...mulheres...!!! LOL! A minha mãe já aprendeu a lição: pq não pões aparelho nos dentes? Ficavas ainda mais bonita... LOLOLOLOLOLOL! Santa mãe que sabe sempre o que dizer e como o dizer!!
Mas, como eu ia a dizer, o sindrome patinho feio é comum a muitas de nós, que atravessamos periodos de insegurança pura quanto à nossa imagem...é nestas alturas que o meu armário fica a abarrotar de trapos que provavelmente só visto uma vez...a satisfação dura muito pouco...porque a verdadeira imagem tem mesmo de partir de dentro, e eu já experimentei em primeira mão que qd me sinto assim insegura, afasto tudo e todos...qd pelo contrario me sinto "poderosa" (LOLOL), há coisas engraçadas a acontecer (mas não contes ao cara metade!! LOL)...tudo depende da nossa confiança...não é mito, ela transparece cá para fora!!
Pois fica sabendo que só do que escreves e com as fotos que já postaste, me pareces uma mulher interessante (não, eu não dou pra esses lados!!!) e atraente. Senão, não viria ao teu bloguito, certo??
Esse teu eu virtual esta espectacular. Grande decote páh!!!! LOL! Ora! O que é bom é pra se ver!! =)

Elora disse...

BlueAngel: Espero que estejas a gostar tanto como eu.

Teté: O facto de não sermos todos belos faz com que muitos valorizem demais aspectos que deveriam ser secundários.

vanadis: Comentário longo!! Vou responder-te por e-mail. Só uma rapidinha: O link já está a funcionar; o RPG chama-se Prime Time Adventures, mas também gosto de AD&D apesar de já não jogar há séculos; Estou cheia de atractivos que não serão necesariamente físicos. Segue mail.

Beijinhos a todas!

Etake disse...

Se formos todos iguais podemos ao menos ser iguais à Jennifer Connely? É que se nos sai na rifa Cavaco para todos é uma chatice... Vou para mongue...