terça-feira, novembro 25, 2008

Prende-me

Há dias em que ando à deriva, levada pelas marés, sem leme nem Norte. Há dias que são remoinhos e eu deixo-me ir, embalada pelas ondas, sem pensar.
Prende-me a ti. Não sei se me perco, se naufrago ou se simplesmente vou.

7 comentários:

BlueAngel disse...

Posso citar-te??? :-)
By the way, que foto tão bem tratada. Parabéns à artista!!! Aposto que está honrada. :-) beijocas larocas com amizade :-)

mac disse...

Sempre quem nos prende somos nós próprios... Seja de quem for a fateixa.

fokas disse...

O que é que andas a fazer ao nariz?
Que paranóia! Assim pareces mas é a Lena que é gaga e só diz disparates tipo ata-me, bate-me e faz de mim o que quiseres.

Vou pedir ao Inspector que passe por tua casa para te instalar um radar fixo no hud para ver se atinas de vez!

Jesus Maria nosso Senhor...livrai-nos do mal!

maria disse...

vai, simplesmente...:-))

BlueLightSpecial disse...

Um dos meus verbos preferidos é o verbo "ir"...
Mesmo que seja para nos perdermos um pouco por caminhos desconhecidos vale a pena "ir", não parar, não entrar numa inércia que, essa sim, nos faz naufragar.
Vai! De preferência de mão dada bem presa a alguém...

mac disse...

Eeeeeelooooooraaaa... Onde andas??

mac disse...

Eeeeeelooooooraaaa...