quinta-feira, maio 28, 2009

Não Quero esta Reunião

A verdade é que nunca quero nenhuma, mas tenho impressão que esta é pior do que as outras. Estamos cansados, pisados por um ano lectivo que nos esgotou e nos colocou em guerra contra tudo e todos. Os ânimos estão exaltados, as vozes elevam-se e o calor lá fora não ajuda. O ar quente entra pelas frestas das janelas a chamar por nós e apenas a irritabilidade nos mantém acordado.
Lembro-me do montão de testes que tenho pra ver e apetece-me sair daqui. Depois lembro-me do pôr-do-sol de ontem, do rio, da companhia, do calor do Sol a fundir-se com o calor do carinho e ponho em causa as prioridades da minha vida que me obrigam a estar aqui. Por uma vez fugir seria a atitude corajosa mas, cobarde como sou, mantenho me sentada e fujo, por esta janela de cristal líquido, mantendo o corpo presente e deixando voar a alma.

4 comentários:

RedLightSpecial disse...

Espero que a reunião tenha passado bem depressa (se bem que conhecendo a realidade das ditas... enfim...) e que o montão de testes se eclipse na imagem daquele pôr-do-sol. Que esses momentos (prioritários, sim) te dêem força para todos os outros que tens que enfrentar.
Beijos meus***

Vani disse...

Bem, fugir nunca foi solução...dizem-me...eu fugi durante algum tempo. Mas fui perseguida...por mim mesma e pelo que a sociedade impõe...

Jorge disse...

soma e segue...

poulana disse...

olha, só a capacidade que tens de voar lucidamente, sabendo que só levas as asas ... é meio caminho andado para um voo exuberante.
e as férias estão a chegar...e garanto-te que trazem asas ... depois contas-me, ok??
Bj
pou