sábado, novembro 03, 2007

Todo o dinheiro do mundo


Cheguei recentemente à conclusão de que, se o dinheiro não fosse problema, eu optaria por ser bartender. É o que tenho feito, virtualmente. E tem sido fabuloso.

Aqui há uns dias comentei isto com uns amigos, enquanto pagava a conta no café onde costumamos almoçar. O empregado, que se encontrava a receber o dinheiro atrás do balcão, ficou todo eriçado com isto. "Não sabe o que é trabalhar 12 horas atrás de um balcão!" Dizia-me de uma forma enfática. De facto, se o dinheiro não fosse problema, trabalharia apenas 2 horas por dia. Parece que até para o que gosto sou preguiçosa.

9 comentários:

BlueAngel disse...

És uma excelente bartender, sim senhora!!! Eu sei porque estou lá e assisto!!! E não somos todos, mana? :-) beijocas larocas

BlueAngel disse...

O não somos todos era relativo à preguiça!!! lol beijocas larocas

deKruella disse...

Se o dinheiro não fosse problema quem é que trabalhava ;)

Vanadis disse...

LOLOL, olha, a minha mana é uma bióloga desempregada, logo, barmaid em partime!!! Diverte-se muito, mas fica de rastos!! Eu tb curtia, mas além de ficar sem tempo, não queria ir meter-me no território dela, LOLOLOl!

Teté disse...

Hummm, também acho que somos todos um pouco preguiçosos. Mas qual é o mal? A mim fazem-me mais confusão aquelas pessoas ultra-dinâmicas, que cansam só de olharmos para elas, eh, eh, eh!

Quanto a bartender, já experimentei durante um curto período de tempo, não tem tanta graça como parece...

vitor disse...

Experimentei o Second Life uma vez mas não via o meu próprio boneco. Infelizmente. Porque acho que até deve ser uma experiência interessante de comunicação :)

Vanadis disse...

Andas desaparecida!! Tá tudo nos conformes??

BlueAngel disse...

Vanadis? Sabes que trabalhar duas horas por dia cansa muito? lol beijocas sis :-)

Vanadis disse...

Pois, pois, já percebi isso já ;-D