sexta-feira, janeiro 04, 2008

Não quero pensar

Há hipóteses que não podem, não devem ser colocadas, para bem da nossa sanidade mental. Há situações tão horríveis que deveriam ser proibidas. Não quero pensar, não posso pensar, não adianta pensar, quanto mais não seja porque não há nada que possa fazer. E, no entanto, os meus pensamentos escapam-se-me e deslizam sempre na mesma direcção. Odeio exames médicos!

2 comentários:

-=|ÑëöqëäV|=- disse...

Tudo bem...

Nem sempre o que queremos ou o que é preciso que seja feito, na verdade era o que fariamos se pudessemos escolher.

BlueAngel disse...

Tudo está bem quando acaba bem!!! beijocas larocas da mana