segunda-feira, julho 07, 2008

Espelho Meu

Atravesso a rua empurrada pelo vento, suave e morno, que brinca na minha pele como as caricias que me faltam. É um vento estranho, que me tapa os olhos com o cabelo e me impede de ver o caminho. Encolho os ombros e sigo em frente, conheço o caminho de cor.
Abro a porta e entro no elevador. Por uma vez não desvio o olhar do espelho, levanto o queixo e endireito as costas, enfrentando-me. Vejo o desprezo nos meus olhos e murmuro baixinho : "odeio-te!", por entre os dentes, sem abrir a boca. Deixo o ódio preencher o vazio que tenho dentro de mim.
Hoje, só hoje, queria ser outra.

7 comentários:

mac disse...

Bem vinda ao clube.

Com um efeito semelhante ao Xanax mas menos viciante, experimenta isto: http://orestodacouve.blogspot.com
Pelo menos podes deixar escapar os teus humores sem consequências em que precises de pensar!

Hélas!

G_ticopei disse...

Não faças isso. Tens tanto valor! Olha bem para os teus olhos e descobre neles o tudo de bom que tens para dar! Não penses no tudo de bom que eventualmente não recebes, mas descobre o que tens e serás capaz de dar, e vais ver que as coisas tomam um novo sentido. Acredita em ti! Ama-te! Não esperes apenas dos outros o que podes encontrar em ti mesma. Beijo e força. Sê mais teimosa que essa angustia!

BlueAngel disse...

Não odeias nada, foi só um momento. Pessoas como tu são tão raras, cada vez mais raras. Sei do que falo. tomara o mundo estar cheio de Eloras!!! :-) beijocas larocas com amizade

Sonya disse...

Já te disse que te adoro?!
Beijinhossss grandessss

Ofland disse...

Se quisesses mesmo ser outra, não tinhas feito uma igualzinha a ti.

:-)

fokas disse...

Mais palavras para quê? O OF que sabe ver o que os olhos não vêem... já disse tudo!
Fica bem...e porta-te mal!

BlueAngel disse...

Não é bem igualzinha, como diz a mami há o grande pormenor do nariz que não corresponde em nada à realidade. :-) beijocas larocas com amizade